quarta-feira, janeiro 31

The Safety Pin

Aqui.

Peço desculpa. Sei que disse que ontem era o primeiro e último, mas hoje mudei de ideias.

terça-feira, janeiro 30

Impor liberdade

ou

"A verdade vem de Espanha

Num encontro de eurodeputadas, que reuniu políticos de todos os matizes, desde Assunção Esteves (do PSD) a Ilda Figueiredo (do PCP), uma eurodeputada espanhola revelou uma verdade surpreendente. Na Espanha, tem subido a natalidade e o aborto ao mesmo tempo. Perante a surpresa dos presentes, adiantou a explicação com alguma timidez: estando as fronteiras espanholas abertas, há mulheres de outros países (sobretudo Portugal, entenda-se) que rumam à Espanha para praticar o aborto. Compreendem?"

Publicado por Miguel Abrantes aqui. O outro lado da questão aqui.

Para mim o referendo sobre a Interrupção Voluntária da Gravidez é acima de tudo acerca de liberdade, a liberdade de escolha. Ao votar sim estamos a dar a todos os cidadãos a possibilidade de escolher e decidir por si o que é melhor e/ou mais acertado. Ao votar não, não. Ao votar não impomos uma vontade. (Que pode ou não ser seguida.)

E esta foi a primeira e última vez que fiz um post sobre este assunto.

segunda-feira, janeiro 29

Primavera

Foto: goma386

Quando era miúda lembro-me de ter na marquise do meu quarto três andorinhas destas. Ando com vontade de comprar outro trio para pendurar lá em casa e fingir que é sempre Primavera. Se alguma alma caridosa estiver com vontade de mas oferecer, as da foto estão à venda na goma386.

quinta-feira, janeiro 25

Everything Is Illuminated

"In the summer after his junior year of college, Jonathan Safran Foer journeyed to Ukraine with a faded photograph, hoping to find the woman who saved his grandfather from the Nazis. He intended to write a non-fictional account of his experiences, but he returned home deeply disappointed, having found next to nothing. Fortunately, Jonathan turned his journey into a miraculous work of fiction.

In this “zestfully imagined novel of wonders” (in the words of Joyce Carol Oates), a young writer -- also named Jonathan Safran Foer -- searches for his family’s lost roots in rural, contemporary Ukraine. Guided by the unforgettable Alex, his young Ukrainian translator, who writes in a sublimely butchered English, an amorous dog named Sammy Davis, Junior, Junior, and an old man haunted by his memories of the war, Jonathan is led on a quixotic search across a devastated landscape and back into an unexpected past. Braided into this story is the novel Jonathan is writing, a magical fable of his grandfather’s village in Ukraine, a tapestry of startling symmetries that unite generations across time. In a counterpoint of voices blending high comedy and deep tragedy, the search moves back in time, the fantastical history moves forward, and they meet in a heart-stopping scene of extraordinary power.

EVERYTHING IS ILLUMINATED mines the black holes of history and is ultimately a story about searching: for people and places that no longer exist, for the hidden truths that haunt every family, and for the delicate but necessary tales that link past and future."

in www.jonathansafranfoerbooks.com

--------------------

A Colecção


--------------------

Jonfren


--------------------

No Meat

quarta-feira, janeiro 24

iPod take away

Arranjei uma caixa de plástico daquelas dos take-away para andar com o iPod para trás e para a frente. Como ele é tão pequeno tenho medo de o perder quando não o trago preso a mim.
É engraçado o que uma mola de 2,5 cm x 4 cm pode fazer: de um momento para o outro a minha vida tem banda sonora, o que faz com que as minhas memórias recentes estejam associadas a uma música.
E de repente tudo me parece mais bonito.

segunda-feira, janeiro 22

Agarrar a oportunidade

Porque hoje é segunda-feira e está de chuva e às segundas-feiras (principalmente as chuvosas) o nosso humor está sempre em baixo de forma, deixo aqui os (oito) minutos finais do "Fabuloso destino de Amélie". Para não nos esquecermos das coisas que realmente importam.

quinta-feira, janeiro 18

Novos anúncios

Surgery



Sabotage



Tech Support

Chegou!

Finalmente chegou o meu iPod Shuffle.
(Devia ter chegado no Natal, mas em vez disso chegou uma impressão manhosa com uma foto dele...)
Estou contente.

Estaria mais se fosse o iPhone, mas pronto!

(Estou a brincar, obrigada Paulo!) :D

terça-feira, janeiro 16

segunda-feira, janeiro 15

27 aninhos

Livingstones

by Smarindesign em www.smarin.net



Parecem seixos a sério!


Dois pensamentos e um filme

Pensamento 1: A Gripe (cá de casa, não a das aves)

Quando eu estou com gripe ele diz: "Olha, sei que não te estás a sentir bem, mas podes vir fazer o arroz para o jantar? Ah! E hoje arrumas tu a cozinha, porque depois de jantar vou organizar o escritório..."

Quando ele está com gripe diz: "Dói-me a garganta, a cabeça... dói-me o corpo todo. Acho que tenho que me deitar..."

------------

Pensamento 2: 100 Maiores Portugueses

Vi hoje à noite, na RTP, o programa "Os Grandes Portugueses" e não pude deixar de me questionar se não haverá um repertório de música portuguesa suficiente para passar no fundo da locução de todas as biografias. Só naquela da amizade, como é um programa sobre os 100 maiores portugueses e tal... Não me levem a mal, eu também gosto de U2.

------------

Um filme: Everything is Illuminated de Liev Schreiber, com Elijah Wood no papel principal.

Muito bom.

sexta-feira, janeiro 12

Os Venenos da Solução Final

"Uma funcionária do Museu Industrial LWL exibe um recipiente original cheio de veneno Zyklon B, fabricado pela empresa Topf & Soehne.
A exposição “Technicians and Final Solution, Topf & Soehne - The Oven-makers of Auschwitz” mostra a indústria e os produtos industriais envolvidos nos crimes em massa cometidos pelos nazis durante a II Guerra Mundial. Foto: Oliver Krato/AP"


in Público On-line 12-01-07

O mais incrivel é que há quem diga que o Holocausto não aconteceu. Que era impossível terem acontecido estes homicídios em massa. Esta é a prova que - para o bem e para o mal - a força de vontade de um homem pode mover multidões.

quarta-feira, janeiro 10

Pai Natal, ainda vou a tempo de pedir mais uma prendinha?

Querido Pai Natal:

Começo por pedir desculpa pelo atraso da carta e pela falta de jeito com que é escrita, mas no meu tempo era o menino Jesus que trazia as prendas, daí a minha escassez de know-how nestas coisas.

Calculo que a melhor abordagem é ser directa e desembuchar logo de uma vez: Pai Natal, eu quero um iPhone. E a Paz mundial e etc e tal, claro. Mas, já, já, era mesmo o iPhone. Pode ser?


"iPhone is a widescreen iPod with touch controls that lets you enjoy all your content — including music, audiobooks, videos, TV shows, and movies — on a beautiful 3.5-inch widescreen display. It also lets you sync your content from the iTunes library on your PC or Mac. And then you can access it all with just the touch of a finger."



"iPhone is a revolutionary new mobile phone that allows you to make a call by simply pointing your finger at a name or number in your address book, a favorites list, or a call log. It also automatically syncs all your contacts from a PC, Mac, or Internet service. And it lets you select and listen to voicemail messages in whatever order you want — just like email."

"iPhone features a rich HTML email client and Safari — the most advanced web browser ever on a portable device — which automatically syncs bookmarks from your PC or Mac. Safari also includes built-in Google and Yahoo! search. iPhone is fully multi-tasking, so you can read a web page while downloading your email in the background over Wi-Fi or EDGE."

Fico à espera. Obrigadinha!

segunda-feira, janeiro 8

Fim-de-semana

Fim-de-semana.
Amigos. Novidades. Velhas idades. Comida. Bebida. Conversa da boa. Gata princesa. A vida é assim.

Fim-de-semana.
Passeio. Compras. Mesa sem cadeiras. Candeeiros sem tecto. Berbequins. Chaves de fendas. Pó. Bigodes de gata.

sexta-feira, janeiro 5

quarta-feira, janeiro 3

Quais bolinhas da Sony...

qual carapuça!
(Pena não existirem barrinhas destas por cá. Parecem deliciosas!)

terça-feira, janeiro 2

A gaveta do amor

Em 1995 eu tinha 15 anos. Este filme ficou-me gravado na memória como a imagem do amor romântico. Uma situação irrepetível que eu sonhava imitar.
Quando em 2004 a história de Jesse e Celine voltou aos grandes écrans, ficou comprovado que este é um dos romances mais reais alguma vez captados por uma câmara.
As personagens estavam crescidas - absorvidas por um quotidiano ao qual era impossível fugir - escondiam sentimentos, evitavam as verdades, reconfortavam-se nas futilidades e tinham guardado o amor numa gaveta.


segunda-feira, janeiro 1

FELIZ ANO NOVO!

650 - Rosa Pomar

Mais um ano. Esperanças renovadas. Desejos novos. Ânsias à flor da pele. Felicitações desmedidas. Felicitações com peso e medida. Hipócrisias transformadas em cumprimentos e votos. Saudades e sonhos com amigos. Feliz 2007.