sábado, julho 21

Mercado Medieval


Quase como antecipação das férias que acabaram de começar, na quinta-feira à noite saímos do trabalho direitos ao Mercado Medieval em Óbidos. Comemos com as mãos - uns salsichas com chucrute, outros bifanas e outros entrecosto - vimos actuações de saltimbancos com muitos tambores e gaitas-de-foles à mistura, comprámos (e saboreámos) doces vários em barraquinhas de madeira, fizémos festas a burros Mirandeses e bebemos ginjinha em copos de chocolate.

Mais uma vez, ali dentro do castelo decorado com estandartes coloridos, rodeada de armaduras, espadas e fisgas de madeira e de míudos que cirandavam longe do olhar da mãe como se nada nem ninguém lhes pudesse fazer mal, questionei-me se naqueles tempos as coisas seriam mais simples ou mais complicadas.

Sem comentários: