quinta-feira, março 27

Macaquinhos no Sótão

Com música de fundo fica tudo mais bonito. Mais cinematográfico.
Hoje de manhã vi os piquetes do SMAS a desentupir um cano com os Air a tocar no fundo e pareceu-me muito poético. Quase como se aquele fosse um esgoto do mundo que, após uma intervenção mágica, ficou desentupido e limpo de todos os detritos que transbordavam. A música cria estas miragens. Dá um cenário a tudo.

----------

Ainda a caminho do ponto de encontro com a boleia habitual, senti-me perseguida pelo trabalho: Na estrada passam Nissans, Mitsubishis e Hyundais, nos mupis há ursos polares cuspidores de fogo, pela janela do mini-mercado espreita um frigorífico da Fanta, à minha frente segue um miúdo com uma t-shirt da Coca-Cola. Penso em roupa e acessórios, sem querer, leio e analiso restos de cartazes meio rasgados, tento descobrir quem é o homem de fato escuro que entra na agência concorrente que fica a caminho... não consigo desligar. Preciso de férias. Preciso do vazio das férias para ter ideias novas, para fugir aos clichés e às cores brilhantes. Preciso de férias para arrumar armários e pôr a leitura em dia. Preciso de férias para ouvir música sem imaginar coisas. Preciso de férias para organizar a gaveta do coração e os roupeiros da cabeça.

1 comentário:

Anónimo disse...

Se há" macaquinhos no sotão" e permitem k se escreva tão bem, sobre as pequenas coisas do dia a dia. Após umas férias " de arrumação de ideias" então vai ser um fartote. (E ainda há quem escreva livros, só porque é colonável!!)

Bj
mimi