sexta-feira, março 28

Olhos Vazados

{Auto-Retrato _ Robert Doisneau _ 1947}

Estranho a expressão "olhos vazados". De que é que os olhos estão cheios para que de repente sejam vazados? Não sei se esta é uma variação do conceito de olhos como janelas da alma. Será que os olhos dos cegos são vazios?

E as minhas janelas verdes míopes, guardarão menos coisas que as janelas dos outros, ou só desfocam as memórias? Será que só conseguem ver bem ao perto, naquele instante, e depois distorcem o que guardam? Estarão os meus olhos vazados ou enganados? Não me agrada a ideia de não saber se estou meio-cheia ou meio-vazia de memórias vagas ou inventadas. Não gosto de não saber o meu ponto de situação.

Sem comentários: