segunda-feira, julho 7

Vaidades & Narcisismos

Dispo-me sem desapertar botões ou abrir fechos. A roupa de há dez meses cai-me. Aparentemente a personalidade também. Quem me conhece aponta mudanças com uma certeza inviolável e serena. Estou demasiado próxima de mim para descobrir se mudei ou se quero mudar. Não sei o que sei nem o que quero. De repente tiraram-me de mim, roubaram-me quem sou e dizem que não faz mal. Afinal não sou a mesma, descubro. Dizem-me. Exemplificam. Ando à minha procura, do antes e do depois. Do ontem, do hoje e do amanhã.

3 comentários:

Pedro Coutinho disse...

um bocadinho do ontem diz olá!

Anónimo disse...

às vezes mudar é bom. Se calhar a mudança na personalidade deve-me ao "crescimento" ao amadurecimento. Podem constatar a mudança, mas será que foi para pior? Se calhar é só diferente!

Bj
Mimi

wednesday disse...

Deve ser um processo em que te sentes mesmo assim... Penso que no fundo tu és sempre tu. O que muda é a "embalagem". Não há nada que possas ter perdido de personalidade nesse caminho. Senão é porque algo mais aconteceu.