segunda-feira, outubro 20

Dia do Pai

"Pai eu amo-te muito.
Desejo-te um dia feliz.
Mil beijos da
Sara Luzia Santos Gerardo"

19.03.1987

----------

Silvério Felício Gerardo
12.09.1942 || 17.10.2008

14 comentários:

Anónimo disse...

Sara,

Sinto muito, mesmo muito.
Beijos,

Rita

Anónimo disse...

Será que percebi! Não pensei que fosse assim tão grave!
Nem sei que dizer... Sinto muito a tua perda. Eu tbém sei o que isso é.

Beijos
Mimi

arponera disse...

Un abrazo grande, grande.

leonor disse...

Um abraço. *

Anónimo disse...

"Que difícil que é a vida dos homens, pensou ela. Eles não têm asas para voar por cima das coisas más."
Sophia de Mello Breyner Andresen, em “A Fada Oriana”

Um abraço amigo para os dois.
MC

_f_[X] disse...

Olá...segunda-feira, dia de limpezas virtuais, e passo por aqui para finalmente subscrever um blog que me foi suscitando o interesse. Não que faça diferença, mas deixo aqui os meus sentimentos.Nem sei se é bem isto que se deve dizer nestas alturas...até porque, por muito que nos esforcemos, pouco ou nada será adequado. Apenas posso desejar-te força para aguentares, porque a dor, essa, nunca desaparece por completo.
F.

Sara disse...

Obrigada a todos pelas palavras de apoio e encorajamento. A vida - apesar de tudo - consegue sempre apanhar-nos deprevenidos. Em breve conto voltar à "normalidade". Dentro do possível.

Salamandra Pintarolas disse...

Um abraço forte, forte e grande...
Não hoje, todos os dias!

(Cá te aguardo, na normalidade possível.)

Nelson J. disse...

Sara, acho que consigo imaginar o que estás a passar e quero dizer-te que as nossas orações estão contigo.

Na equação da vida esta é a uníca constante, tudo o resto são variáveis, mas nós não somos seres meramente meta-físicos e por isso a dôr e a saudade acompanhar-te-ão durante algum tempo, mas espero que levantes os olhos possas seguir em frente.

Sabes que podes contar connosco, estamos apenas umas portas mais abaixo na mesma rua.

Pedro Coutinho disse...

Sara,

Nunca pensei... sinto muito.

Sub

Marta Nunes disse...

Sara só hoje vi e lamento muito mesmo... um abraço, um beijo e um ombro.

Anónimo disse...

Por mais que se diga, parece que nunca se diz o mais adequado.

Sara, sinto muito...

Anónimo disse...

Sara,
sinto muito a tua perda...

wednesday disse...

Sara, lamento muito. Mas vai recordando esses dias felizes e o sorriso do teu pai. E a vida com ele assim continuará, no teu coração.

Beijinho