sexta-feira, setembro 18

(estou aqui escondida, mas é segredo)

Sobre quem era antes me conhecer e quem é sem mim pouco ou nada sei. Imagino-o outro, a falar com outras palavras. É assim que lhe sinto a falta. Inteiro ou às postas do dia-a-dia.


Sem comentários: