sexta-feira, outubro 9

auto-conhecimento

Gosto de coisas. Gosto das minhas coisas. Gosto de algumas das minhas coisas mais do que de muitas pessoas. Não gosto que mexam nas minhas coisas sem me pedir, mas quando pedem só não dou o que não tenho. Sou mais superficial com as pessoas do que com as coisas. É verdade. As coisas são o que são.


4 comentários:

Anónimo disse...

(As nuvens são sombrias)

As nuvens são sombrias
Mas, nos lados do sul,
Um bocado do céu
É tristemente azul.

Assim, no pensamento,
Sem haver solução,
Há um bocado que lembra
Que existe o coração.

E esse bocado é que é
A verdade que está
A ser beleza eterna
Para além do que há.

fernando pessoa
(Lisboa, 1888-1935)

Anónimo disse...

"Não é a espécie mais forte que sobrevive, nem a mais inteligente, mas aquela
que reagir melhor às mudanças"
Darwin

Anónimo disse...

REVOLTA
Quero, e não quero!...
Creio... e Desespero!...
Renego, mas Aspiro,
E em cada vira-volta,
Mais grito e mais me firo!...
Aonde esperei, não espero!...
Aonde Desejei, já não desejo,
E se algum dia Vi,
Hoje não vejo!...

Deus,...ó Deus!...
Para que lado ficam os teus céus?!...

alda lara
(Benguela, Angola,1930-1962)

Anónimo disse...

Dedicado à Sara, ela ainda gosta de animais:

http://www.youtube.com/watch?v=yTLcZ1BCmms&feature=related


:)