segunda-feira, dezembro 28

Num ou noutro ramo da árvore de Natal ainda sobram pinhas de chocolate. Na sala há papéis das prendas que se embrulharam e das que se desembrulharam. Quase aos 30 anos continuo a receber pijamas aos bonecos e é a minha tia quem me abastece o stock de meias e cuecas. Houveram excessos, mas poucos, comparando com anos anteriores. A perdição foi uma caixa de bombons que acabou as festividades sem dono. Depois das viagens e das correrias tivemos um Domingo sossegado a ver TV e a brincar com as prendas. Hoje regressei ao trabalho com pouca vontade, por isso enchi-me de coisas novas.

{cachecol feito pela tia + fio + colete de malha + camisola meia manga}

{Onitsuka Tiger Seck Hi}

9 comentários:

Lívia disse...

MOTIVO


Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno e asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
mais nada.

Cecília meireles
[Rio de Janeiro, Brasil, 1901-1964]

:)) Lívia

Juca disse...

Sara, já conhece este projecto?
Se não, deixo aqui o desafio para articipar.
:) Juca

http://www.baile-popular.blogspot.com/

Anónimo disse...

Muito bem. Sortuda, ter uma tia que oferece (faz?) cachecóis "à maneira".
Bj
Mimi

Sara disse...

Sim Mimi, tenho sorte! A minha tia fez-me um cachecol lindo e quente! E o vosso Natal, foi bom?

Beijinhos!

Filipe disse...

hheee gosto muito das sapatilhas, hehehee
A tua tia é um anjinho, sempre a cuidar de ti ;)

beijinhos

Lv disse...

A grande viagem

Terei de levar um casaco para os países frios,
um cantil para o deserto,
fósforos e grãos de milho
para acender uma fogueira
e para fazer pipocas quando tiver fome.
Vou pôr tudo numa mala,
descer pela janela,
içar as velas
e partir!

Anna Castagnoli
El gran viaje

Bom Ano de 2010
Lv

Anónimo disse...

O nosso Natal foi bom. Em familia. Este ano, eramos poucos, mas bons lol!!
Bj
Mimi

Lv disse...

“Mandaste a minha solidão embora
Iluminaste o pavilhão da aurora
Com o teu passo inseguro
E o paraíso no teu olhar”
(Jorge Palma)

BOM ANO 2010

(em boa companhia)
:))Lv

L disse...

Desejos para 2010

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você sesentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
Eque pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga `Isso é meu`,
Só para que fique bem claro quem é o dono dequem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar esofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
Eque se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar.

Vitor Hugo

:)*